Titulo Internas - Notícias

Blog

null

Blogs

Entelgy Innotec Security - uma referência global em cibersegurança

Entelgy participa de mesa redonda sobre a segurança para o trabalho em home office na Espanha

Em junho, o CEO da Entelgy Innotec Security, Félix Muñoz, participou da “2ª  Reunião do Esquema de Segurança Nacional”, que debateu a “Segurança do trabalho em Home Office em conformidade com o Esquema Segurança Nacional (ENS)”. Organizado pelo Centro Nacional de Criptologia, em colaboração com o Ministério de Assuntos Econômicos e Transformação Digital - Secretaria Geral de Administração Digital e a Federação Espanhola de Municípios e Províncias (FEMP).

Na ocasião, o CEO compartilhou seu ponto de vista sobre a implementação do ENS, e apresentou o case da Entelgy Innotec Security sobre a situação geral do trabalho em home office, causada pela crise da COVID-19. “Implementamos o home office há 3 anos, porque somos uma empresa multinacional que opera em diferentes países do mundo. Na Entelgy Innotec Security, conseguimos manter o mesmo ritmo de trabalho de antes da pandemia, coordenando os grupos e com todos os funcionários trabalhando em casa. Tanto o trabalho quanto o relacionamento com nossos clientes permaneceram intactos.”

Unanimidade entre os especialistas presentes foi o fato de que o trabalho em regime home office chegou para ficar e será inevitável que, cada vez mais, as empresas comecem a implementá-lo. Além disso, enfatizaram a importância de ter não apenas as tecnologias e equipamentos necessários para o trabalho remoto, mas também os procedimentos relevantes de home office e medidas de segurança.

Com o tema "Dez anos de novos desafios e soluções", o evento ocorreu de modo fechado, devido a Covid-19. Ele teve patrocínio da Entelgy Innotec Security, que apoia as iniciativas de implementação da Esquema de Segurança Nacional. Criado em 2007, o Esquema de Segurança Nacional,  foi depois regulamentado em 2010 pelo Decreto Real 3/2010, de 8 de janeiro. Seu objetivo é dar acesso eletrônico aos Serviços Públicos aos cidadãos, com 75 medidas de segurança, compiladas em três áreas principais: estrutura organizacional, operações e medidas de proteção.

A realidade no Brasil

Se realizarmos uma pesquisa no Google sobre ataques cibernéticos no Brasil, iremos ver um aumento considerável destes ataques devido ao isolamento social e ao home office. Alguns sites apontam bilhões de reais em prejuízo para nossas empresas. Por outro lado, todos no país tem procurado se defender destes ataques.

Semelhante a ENS da Espanha, o Brasil também possui a sua Política Nacional de Segurança da Informação. O decreto Nº 9.637, de 26 de dezembro de 2018, em seu artigo 1º diz: “fica instituída a Política Nacional de Segurança da Informação - PNSI, no âmbito da administração pública federal, com a finalidade de assegurar a disponibilidade, a integridade, a confidencialidade e a autenticidade da informação a nível nacional”. Além da PNSI em âmbito público, outras frentes também podem ser destacadas que tratam do tema segurança da informação e ainda mais recente, privacidade de dados: o Marco Civil da Internet (Lei n° 12.965/14), Lei de Interceptação Telefônica (Lei n° 9.296/96, art.10), Resoluções de órgãos reguladores (ex.:Bacen e CFM), a própria Constituição Federal Brasileira (direito à privacidade; art. 5º, IV, X, XII), o Código de Defesa do Consumidor e a mais “famosa” de todas: a LGPD - Lei Geral de Proteção de Dados.

Todas estas frentes e mais algumas normas técnicas como as ISO 27001, 27002 e 27701 ajudam as empresas a enfrentarem os desafios do isolamento e do home office.

A nossa divisão Innotec Security é especializada em Segurança da Informação e Privacidade de Dados. Temos uma larga experiência nacional e internacional na implantação de Soluções voltadas para estes temas - Digital Workplace, Auditoria VPN, Dockerização, Sustentação de Aplicações, LGPD e outras mais.

Fale com a Entelgy: contato.brasil@entelgy.com
00

Mais Entradas de Blog

thumbnail
thumbnail
Comentar